Bake Off Brasil

Arquivo : Carolina Fiorentino

Samira é a vencedora do “Bake Off Brasil”; veja declarações exclusivas
Comentários Comente

Bake Off Brasil

Foto_Artur Igrecias-123

Samira vence o Bake Off Brasil.

A dona de casa Samira Ghannoum, 42 anos, eliminou Marília Rosenberg e Ayrton Boffo na grande final do reality show “Bake Off Brasil – Mão Na Massa” (SBT) e se tornou a melhor confeiteira amadora do País e a primeira do formato da atração (BBC) na América Latina na noite deste sábado (17). Com exclusividade para o UOL, Samira conta como foi vencer o programa e lembra da coincidência de sua vitória com a da também muçulmana Nadiya Hussain, que ganhou a edição britânica da atração na semana passada.

“Vencer é apenas o começo. Não quero ser lembrada como mais uma ganhadora de um reality show, quero que  meus bolos e doces marquem para sempre, os momentos especiais de muitas pessoas. Me sinto muito feliz por ser a primeira mulher de descendência árabe e muçulmana  a estar em um reality show no Brasil, mas isso não me torna mais especial que os outros, isso me dá mais responsabilidade. Acredito que vou conseguir realizar  o sonho de ter minha confeitaria. Agradeço a todos que não me julgaram e respeitaram minha cultura,  é o respeito que nos uni, independente das religiões. A vida pode ter momentos muito amargos, mas está em nossas mãos o poder de transformá-los em doces. Também não posso deixar de dizer que estou feliz com a coincidência entre eu e a Nadiya, que venceu o reality da Inglaterra”, declara Samira, que comemora a vitória ao lado da família e amigos em um restaurante no bairro de Pinheiros (SP).

Foto_Artur Igrecias-11

Ticiana Villas Boas – SBT

A apresentadora do reality show, Ticiana Villas Boas e os jurados, Fabrizio Fasano Jr. e Carolina Fiorentino também enviaram suas mensagens para Samira através do UOL. “Eu achei que a Samira mereceu o prêmio. Sem dúvida foi a mais constante, a que errou menos e a que fazia as coisas mais gostosas. Ela tem mão mesmo de confeiteira. Nasceu com o dom e fica claro que faz tudo com muito amor e entrega”, comenta Ticiana.

“Fico muito satisfeita com o resultado, a Samira é uma pessoa equilibrada, uma esponjinha absorvendo todo o conhecimento, conselhos e experiências ao seu redor. Uma pessoa muitos especial  que eu tenho um carinho enorme e  imenso respeito”, lembra Carol Fiorentino. Já Fasano, lembra do episódio do Tiramissú (em que Samira optou por não usar álcool na receita)  e pede desculpa para a campeã por ter lhe criticado: “Sami, no prefácio que escrevi para o livro seu e do Bake Off, te peço publicamente desculpa, espero que aceite”.

Foto_Artur Igrecias-106

Ayrton e Samira com seus familiares ao fundo.

Com a presença dos participantes eliminados na tenda da atração, que fica em um haras na região de Sorocaba (SP), a primeira etapa da final exigiu que Samira, Ayrton e Marília passassem pelo desafio técnico: preparar a temida Torta Regina. Cada um dos finalistas escolheu um entre os nove eliminados. Marília não se saiu bem e perdeu a oportunidade de ser campeã.

Na sequência veio a prova que definiu Samira como vencedora: preparar em apenas duas horas um bolo de casamento que também foi avaliado pelo respeitado chef confeiteiro em todo o Brasil, Marcelo Magaldi, que trabalha na “Casa Fasano”.

Foto_Artur Igrecias-117

Equipe reunida após a final.

Os familiares de Ayrton e Samira acompanharam de perto o nervosismo dos finalistas e o anúncio do vencedor, que deixou a muçulmana emocionada. “Para mim foi uma honra ter competido com ela, uma honra ter sido colocado equivalente com ela nesse desafio”, disse Ayrton. Fasano anunciou Samira campeã. A muçulmana ganha como prêmio seu primeiro livro de confeitaria juntamente com o programa.


Carol Fiorentino do “Bake Off Brasil” ensina como fazer o caramelo perfeito
Comentários Comente

Bake Off Brasil

Carolina FiorentinoA chef confeiteira do reality show “Bake Off Brasil – Mão Na Massa” (SBT), Carolina Fiorentino, gravou um vídeo onde ensina quais são as técnicas para preparar um caramelo perfeito para utilizar nos doces. A jurada também  explica como umedecer com exatidão os bolos, técnica que sempre alerta os participantes do “Bake Off Brasil”.

Confira o vídeo:


Fasano detona eliminados que não lidam bem com derrota no “Bake Off Brasil”
Comentários Comente

Bake Off Brasil

Bastidores - Fotos Artur Igrecias (10)

Fasano concede entrevista exclusiva para o UOL. Crédito da foto: Arthur Igrecias/SBT

Em entrevista exclusiva ao UOL, o temido jurado do “Bake Off Brasil – Mão Na Massa” (SBT), Fabrizio Fasano Jr., conta como está a repercussão do reality show, fala das palestras que está ministrando pelo País, analisa o desempenho dos participantes e de sua amiga de júri, a chef confeiteira Carolina Fiorentino. Polêmico e nada doce em suas declarações, o empresário ainda manda um recado aos participantes que venham a não aceitar suas eliminações: “Só a vida poderá ensinar que uma oportunidade dessa não se têm duas vezes”.

UOL – Como está sendo ser jurado do Bake Off Brasil – Mão Na Massa? Quais experiências adquiridas até o momento?

Fabrizio: Está sendo uma experiência única e super agradável. De forma geral, essas experiências são muito mais ligadas ao lado emocional do que ao processo culinário.

UOL – Qual foi o pior erro de um participante até agora?

Fabrizio: Não me lembro de nenhum erro gravíssimo gravíssimo que algum participante em específico tenha feito, mas me lembro dos erros graves que a maioria deles cometeu.

Jurados - Foto Artur Igrecias (2)

Fabrizio Fasano Jr. e jurado linha dura do Bake Off Brasil.

UOL – Você chamou a atenção da Carolina no sexto episódio do reality e disse que ela precisa ser menos boazinha, por qual motivo? Você se considera muito exigente?

Fabrizio: Eu sou uma pessoa bastante crítica e sempre tento, através das minhas críticas, fazer com que as pessoas cheguem ao máximo que elas conseguem. Eu também sinto isso da Carol, as vezes ela tinha alguma crítica um pouco mais forte para dizer, mas talvez pela personalidade ser diferente da minha, ela amenizava um pouco as palavras e era isso que eu queria nela, que ela me ajudasse a fazer com que eles se sentissem mais pressionados e, portanto, conseguissem fazer o melhor deles.

UOL – Além do “Bake Off Brasil” você também está ministrando palestras pelo País com temáticas motivacionais, certo? Explique um pouco como elas funcionam.

Fabrizio: A minha palestra tem como objetivo mostrar para as pessoas que o hoje bem tratado e bem resolvido é a melhor maneira de garantir um futuro melhor, mais tranquilo e feliz. Tratar os dias ruins da melhor maneira possível só depende da gente e é aí que está a grande fórmula de conseguir transformar nossa vida numa coisa mais fácil e tranquila. Quando os nossos problemas chegam, eles parecem um tsunami, porém, com o passar dos dias, as vezes, eles viram ondinhas. Na realidade não foi o problema que mudou, mas sim a nossa percepção dele. Esse é o segredo: conseguir fazer com que ela nunca seja um tsunami, mas sempre uma onda que devemos e podemos encarar de frente. Metas, cotas, relatórios, reuniões, dinheiro e relações muitas vezes viram um maremoto sem razão por não sabermos lidar com o mar, pois a vida é como um barco a vela, que mesmo contra o vento você consegue chegar aonde quer. Pode demorar um pouco, mas se tiver paciência e souber lidar com os ventos, logo se chegar lá.

UOL – Você usa essas técnicas como jurado do “Bake Off Brasil” para motivar os competidores?

Fabrizio:  Basicamente eu falo sobre lidar com as emoções pessoais e com os problemas. Acredito que ao longo dos programas isso naturalmente vai acontecendo, pois as pessoas vão se acostumam mais com os problemas e lidam melhor com a pressão, por consequência, produzem muito mais e obviamente melhor.

Confeccao - Foto Artur Igrecias (71)

Fasano avalia doce ao lado de Carolina Fiorentino no “Bake Off Brasil – Mão Na Massa”.

UOL – Como analisa o temperamento dos participantes de maneira geral? Como eles lidam com a pressão, com os elogios, com as derrotas e também com as eliminações?

Fabrizio:  De maneira geral são todos superbacanas e do bem. Porém, no começo, tudo são flores, mas com o passar dos programas, eliminações, críticas e com os minutos de fama que começam a se diluir, eles começam a realmente mostrar quem são. Uns para o bem e outros nem tanto. Ao invés de aproveitar o momento com boas energias, fazendo projetos e trabalhando, alguns deles perdem o dia inteiro postando suas frustrações sobre regras do programa e até sobre nós, jurados, que apenas após eliminá-los acabamos nos tornando incoerentes e incompetentes. Infelizmente, nesses casos, só a vida poderá ensinar que uma oportunidade dessa não se têm duas vezes e que o resultado, no final, vai continuar a ser o que a pessoa era antes, sem a necessidade de contar historinhas mentirosas que justifiquem o motivo de suas eliminações para aqueles que no futuro se quer lembrarão dele no programa.


“Consegui me reerguer”, diz Bruno, que derrubou torta no “Bake Off Brasil”
Comentários Comente

Bake Off Brasil

O participante Bruno Sutil, de 25 anos, do “Bake Off Brasil – Mão Na Massa” (SBT) deixou todos os telespectadores aflitos no programa passado, quando derrubou sua torta com recheio de gorgonzola acidentalmente na porta do fogão nos momentos finais da prova de criatividade. Por sorte, os jurados Fabrizio Fazano Jr. e Carolina Fiorentino não acharam sua torta a pior do dia, o que lhe salvou da eliminação. Em entrevista exclusiva, o competidor conta detalhes do que aconteceu e fala sobre a repercussão nas redes sociais.

Participante Bruno congela ao notar que sua torta cai da bancada. Crédito: Artur Igrecias/SBT

Participante Bruno congela ao notar que sua torta cai da bancada. Crédito: Artur Igrecias/SBT

Assim como os internautas nas redes sociais, o competidor gaúcho também achou que seria eliminado: “Eu tinha certeza que seria eliminado, não tinha dúvida nenhuma. Eu só entendi o que tinha acontecido depois de todo mundo, porque eu não ouvi-la cair, ouvia só gritos na tenda inteira. Eu congelei por alguns segundos, daí que os outros participantes vieram me ajudar. Eu só ouvia um monte de gente falando e nem sabia quem falava o que. Depois de uns segundos que eu pensei ‘tenho que fazer alguma coisa’ e comecei a pegar as formas de um e de outro pra virar a torta e cortar – ideia da Gabi. O pessoal é incrível, a gente se ajuda muito. Ninguém quer ver o do outro dar errado, mas queremos que o nosso dê mais certo [risos]. São uns anjos!”, revela.

Ticiana Villas Boas fica preocupada com Bruno ao ver a torta dele sob a porta do fogão. Crédito: Artur Igrecias/SBT

Ticiana Villas Boas fica preocupada com Bruno ao ver a torta dele sob a porta do fogão. Crédito: Artur Igrecias/SBT

Bruno culpa a ansiedade pelos incidentes com a torta e diz ter ficado aliviado em permanecer no reality show: “Eu não acreditava quando eles me liberaram. Fiquei pasmo, não achei que era verdade. Eu fui bem no Tiramisú, já conhecia o doce e já tinha feito do zero, desde as bolachas. Pensando agora, entendo o porquê de me liberarem – apesar de ter caído a torta (nem acredito que tive a sorte de cair dentro do forno, e não no chão), ela estava muito saborosa (e descobri que a Carol é apaixonada por gorgonzola, muita sorte, também)”.

Apesar de toda a tensão sobre a queda da torta na tenda do “Bake Off Brasil”, nas redes sociais o clima era outro. Os internautas fizeram diferentes tipos de comentários, alguns se sensibilizaram e outros fizeram piadas. Os memes (imagens com frases bem humoradas que se espalham pelas redes sociais) surgiram e um deles agradou o participante.

11872912_10207758126059561_582600784_n

Meme lançado por internauta que mais divertiu o participante Bruno.

“Eu acho isso tudo espetacular. Agradeço ao público, pois o carinho foi incrível (durante o programa tive centenas de menções diretas no Twitter @brunobakeoff) e as piadas, hilárias! Ri tanto com os memes e fui obrigado a postar, pois foram muito bem pensadas. O da paródia do “Forninho da Giovana” me fez rir muito quando vi. Naquela noite o meu telefone não parava. Meus amigos ligavam e mandavam mensagem de Porto Alegre, todo mundo achou que eu era um ‘caso perdido’ naquele momento. Que bom que consegui me reerguer”, se diverte o gaúcho ao lembrar do que acontecer nesta semana.

Sobre o perfil dos jurados do reality show, Bruno revela sua impressão sobre o temível jurado Fabrizio Fasano Jr. e da chef confeiteira Carolina Fiorentino, considerada por muitos a jurada conselheira.

“Eu tenho uma grande admiração pelos dois. Em primeiro, a Carol é realmente incrível. No pouco contato que eu tive com ela, percebo a riqueza técnica das avaliações e tento aprender bastante. Ouvir a avaliação dela é como abrir um dos livros de técnicas que tenho em casa, eu vou entendendo o porquê das coisas. Por causa dela, o programa tem sido uma escola incrível pra mim. O Fasano me lembra muito o meu pai – as avaliações são bastante rigorosas e ele não aceita nada que não seja a completa perfeição. Gosto disso, pois me faz querer melhorar sempre – é tudo uma questão de como ouvimos a crítica. Eu acabo concordando muito mais com a Carol do que com ele, às vezes acho que existem equívocos nas avaliações, por exemplo: é diferente a torta estar ruim e tu não gostares de comidas fortes (no caso da torta de gorgonzola), ou dizer que o bolo dos pais foi chocolate com chocolate e mais chocolate (de novo) – aquele foi o meu primeiro doce de chocolate, além de ser de chocolate com vinho do porto e Zambaglione – um mousse de vinho bastante difícil de executar e que me salvou da eliminação”, contou Bruno.

Bastidores - Foto Artur Igrecias (44)

Bruno sendo avaliado de perto por Carolina Fiorentino e Fabrizio Fasano Jr. na estreia do Bake Off Brasil Crédito: Arthur Igrecias/SBT


Bertolazzi invade os bastidores do “Bake Off Brasil”; saiba como foi
Comentários Comente

Bake Off Brasil

Foto_Artur Igrecias-157

O chef Carlos Bertolazzi do “Cozinha Sob Pressão” invade bastidores do “Bake Off Brasil” ao lado do diretor de planejamento artístico e criação do SBT, Fernando Pelegio. Crédito: Artur Igrecias/SBT

A tenda onde é gravado o reality show “Bake Off Brasil – Mão Na Massa” (SBT), na região de Sorocaba, interior de São Paulo, recebeu uma visita inusitada nos bastidores do quarto episódio. O chef Carlos Bertolazzi, astro do “Cozinha Sob Pressão – Hell’s Kitchen” (SBT), invadiu o local ao lado do diretor de Planejamento Artístico e Criação da emissora, Fernando Pelegio. Saiba como foi.

“Ainda bem que eu não sou jurado do Bake Off Brasil, senão iria engordar muito indo todo dia naquela tenda”, brincou Bertolazzi.

A apresentadora Ticiana Villas Boas e os jurados Fabrizio Fasano Jr. e Carolina Fiorentino aproveitaram as pausas das gravações para mostrar detalhes do cenário, curiosidades dos bastidores e também conversar sobre seus respectivos programas. Momentos de descontração também ocorreram, assim como as famosas selfies.

Bastidores - Fotos Artur Igrecias (19)

Os chefs conversam nos bastidores do Bake Off Brasil. De um lado Bertolazzi e do outro Carolina Fiorentino. Crédito: Artur Igrecias/SBT

Impressionado com os doces preparados pelos competidores restantes na atração, que é sucesso de repercussão nas redes sociais, Bertolazzi não escondeu ficar com água na boca e, por isso, garantiu que em breve voltará para mais uma visita para Ticiana, Fabrizio e Carolina. “Não deu tempo de experimentar os doces, então eu pedi para voltar para poder provar pelo menos os doces de um episódio”, revelou Bertolazzi.


“Sentia-me frustrada o tempo todo”, diz a eliminada do “Bake Off Brasil”
Comentários Comente

Bake Off Brasil

A  Arquiteta Márcia foi a eliminada do último episódio do Bake Off brasil

A arquiteta Márcia foi a eliminada do episódio do Bake Off Brasil

No último  episódio do “Bake Off Brasil – Mão na Massa” (SBT), exibido no sábado (15), os jurados Fabrizio Fasano Jr. e Carolina Fiorentino ficaram indecisos entre dois competidores quanto a eliminação. A apresentadora Ticiana Villas Boas sugeriu que os jurados usassem o critério da trajetória dos participantes no reality show para tomar a melhor decisão. Após apresentar uma receita de tiramisú criticada pelos jurados e uma torta empadão com massa crua, a arquiteta Márcia, de 42 anos, foi a escolhida para ser a quarta eliminada do programa.

Com exclusividade ao blog, a arquiteta faz uma avaliação da sua participação no “Bake Off Brasil”. Confira:

Quais as dificuldades que teve  nas provas e na preparação das receitas?

Márcia –  Acredito que exista uma grande diferença entre uma competição aonde o que é valorizada a comida gerada e uma gincana. Na gincana, temos que facilitar ao máximo a tarefa a fim de conseguir cumprir a meta. No final das contas, pela formatação das provas e esses tempos surreais propostos, o que valia mais era a proposta gincana. Infelizmente  demorei demais para perceber isso. Entretanto, na minha maneira de ver as coisas, e até a maneira como conduzo minha cozinha, talvez eu realmente nunca conseguisse me encaixar. Não acho que cozinha boa seja cozinha de atalhos, da mesma maneira em que não consigo gostar de um bolo bonito por fora e ruim por dentro. Acredito que tenha demorado a me adaptar ao estilo gincana pela minha personalidade perfeccionista. Sentia-me frustrada o tempo todo por não conseguir produzir uma comida boa. Nunca conseguiria, no formato proposto.

 Na sua opinião foi  justo você ser eliminada?

Márcia – Quanto à avaliação dos jurados, acredito que deveria ficar mais explicito o peso da prova criativa. Nenhuma torta salgada, segundo eles, atingiu o resultado esperado. Entretanto, claramente algumas tortas ficaram bem piores do que a minha. Eles sempre esperam criatividade nas provas técnicas (?) sendo que temos que usar somente os ingredientes dados.Então vamos ser criativos! Na hora que você  tenta fazer diferente, não dá certo

 Como foi sua participação no Bake Off Brasil?

Márcia – Aprendi  no programa, algo que não aprendi em 42 anos de vida, e que é a lei da vida: que temos que às vezes, nos despir de nós mesmos e nos adaptar. Jogar o jogo da maneira que os outros querem, e não ficar insistindo em metas irreais. A coisa mais difícil disso é saber o que o outro quer e espera de nós!


Antes de avaliação, Bruno do “Bake Off Brasil” derruba torta no fogão
Comentários Comente

Bake Off Brasil

Bruno Bake Off

Bruno se distrai e derruba torta no Bake Off Brasil. Foto: Artur Igrecias/SBT

No quarto episódio do “Bake Off Brasil – Mão Na Massa” (SBT)  que vai ao ar neste sábado, 15 de agosto, às 21h30, o gaúcho Bruno passa por apuros momentos antes do fim da prova de criatividade e fica desesperado. O competidor se descuida e derruba sua torta salgada, popularmente conhecida como empadão.

A tensão toma conta da tenda onde é gravada a atração e a apresentadora Ticiana Villas Boas não esconde o choque ao ver a torta do gaúcho caída sob a porta do forno. A curiosidade é que os demais competidores, que já estavam com seus empadões quase finalizados, se reuniram numa força tarefa para ajudar Bruno, acontecimento que não costuma ocorrer em um reality show.

“Talvez isso seja um pouco de ansiedade”, avalia o temível jurado Fabrizio Fasano Jr. sobre o descuido de Bruno ao deixar a forma com a torta escorregar da mesa e cair em cima da porta do forno. A chef confeiteira Carolina Fiorentino é categórica: “Espero que pelo menos o gosto esteja uma maravilha”.


Conheça a história do Pão de Queijo
Comentários Comente

Bake Off Brasil

 

Criações - Foto Artur Igrecias (39)

Conheça a história do pão de queijo

No último episódio do Bake Off Brasil, Fabrizio Fasano Jr, contou a história do famoso  pão de queijo. Você sabe qual é a origem? Confira!

” O pão de queijo tem uma história interessante. Em Minas Gerais (no século XVIII) a farinha que chegava para as cozinheiras eram de qualidade ruim. Então elas começaram a acrescentar, na massa, polvilho e queijo fresco da fazenda, daí surgiu o tradicional pão de queijo. Tem uma coisa que muita gente não sabe e é importante ressaltar que pão de queijo bem feito não tem glúten. Eu digo bem feito porque tem gente que coloca farinha de trigo na massa”. explica Fabrizio.

 


Miguel passa mal e deixa o Bake Off Brasil
Comentários Comente

Bake Off Brasil

Miguel

Miguel passa mal e deixa o programa

 

O administrador de empresas Miguel deixou o Bake Off Brasil no último sábado (8) depois de passar mal antes do inicio do programa. ” Eu tinha um problema crônico nas costas e ele vem há anos persistindo. Isso me prejudicou, porque eu não vou conseguir participar das provas de hoje e fico muito triste por isso”, disse Miguel em depoimento gravado, logo depois de ser atendido por uma equipe médica no local. O administrador passa bem.

No episódio os candidatos tiveram os desafios de preparar um bolo especial em homenagem ao Dia dos Pais e  pão de queijo. Michael e Márcia ficaram na berlinda, mas por causa da saída de Miguel, não houve eliminação. Pelo bom desempenho nas duas provas, a dona de casa Samira continua com o avental azul de “Mestre Confeiteiro”.


Diarista é eliminada do “Bake Off Brasil” e diz estar desapontada
Comentários Comente

Bake Off Brasil

Eliane é a segunda eliminada do Bake Off Brasil. Crédito: Artur Igrecias/SBT

Eliane é a segunda eliminada. Crédito: Artur Igrecias/SBT

No segundo episódio do reality show “Bake Off Brasil – Mão Na Massa” exibido na noite deste sábado, 1º de agosto, no SBT, a diarista Eliane, de Pernambuco, foi eliminada após ter um baixo desempenho nas provas. “Fiquei desapontada comigo mesma por não saber trabalhar sob pressão”, revelou Eliane.

Na primeira parte da atração, os jurados Carolina Fiorentino e Fabrizio Fasano Jr. ficaram decepcionados com o desempenho de quase todos os participantes, que não conseguiram entregar nenhum prato de “carolinas” com perfeição durante a prova criativa. Os 11 competidores tinham que preparar um prato inovador com uma torre de 30 centímetros de profiteroles. Carolina Fiorentino resumiu o que achou: “Eu fiquei super decepcionada com a prova criativa. Eu esperava provar novos sabores e não vi nada disso. Sai realmente frustrada da prova”.

Na segunda parte do programa, o desafio técnico foi preparar um bolo de coco com recheio de baba de moça. Os jurados não acompanharam o desempenho dos participantes, pois fazem a avaliação às cegas no final. Ticiana Villas Boas observou as facilidades e dificuldades de cada competidor durante a tarefa.

Joca tenta cozinhar bem para não perder o avental azul. Crédito: Artur Igrecias/SBT

Joca tenta cozinhar bem para não perder o avental azul. Crédito: Artur Igrecias/SBT

Durante a avaliação às cegas, Fasano disse que o bolo do advogado Joca estava um verdadeiro horror, embora tenha aprovado o sabor. Carolina alertou que todos os 11 bolos ficaram com sabor parecido. Ronaldo, que estava com o cobiçado avental azul de melhor cozinheiro – conquistado no programa de estreia -, se esforçou para mantê-lo por mais um episódio, porém, seu bolo ficou com forte gosto de ovo, segundo relato de Carolina.

Jurados fazem avaliação dos bolos sem saber quem preparou qual doce. Crédito: Artur Igrecias/SBT

Jurados fazem avaliação dos bolos sem saber quem preparou qual doce. Crédito: Artur Igrecias/SBT

Assim como na semana passada, os jurados se surpreenderam positivamente com Ayrton durante esse desafio e afirmaram (sem saber que o bolo é dele), que essa foi a única receita ousada. O engenheiro químico, mais uma vez, vence a prova.

Samira ganha o avental azul. Crédito: Artur Igrecias/SBT

Samira ganha o avental azul. Crédito: Artur Igrecias/SBT

O bolo da arquiteta Márcia foi considerado o pior bolo da noite pelos jurados, mas ela escapou da eliminação. Já a muçulmana Samira foi eleita a melhor chef confeiteira do segundo episódio do reality show e por isso ganhou o aguardado avental azul. “Eu fico chateado de deixar o avental”, desabafou Joca, que teve o bolo avaliado como o oitavo melhor sabor.